domingo, 14 de janeiro de 2018

Não acrediteis numa coisa, apenas por ouvir dizer. 
Não acrediteis na fé das tradições, só porque foram transmitidas por longas gerações. 
Não acrediteis numa coisa só porque é dita e repetida por muita gente. 
Não acrediteis numa coisa só pelo testemunho de um sábio antigo. 
Não acrediteis numa coisa só porque as probabilidades a favorecem ou porque um longo hábito vos leva a tê-la por verdadeira. Não acrediteis no que imaginastes, pensando que um ser superior a revelou. Não acredite em coisa alguma apenas pela autoridade dos mais velhos ou dos vossos instrutores. 
Mas, aquilo que vós mesmos experimentastes, provastes e reconhecestes verdadeiro, aquilo que corresponde ao vosso bem e ao bem dos outros. 
Isso deveis aceitar, e por isso moldar a vossa conduta.
Buda