sábado, 10 de dezembro de 2016

Muitas vezes, não é medo de ir. É o medo de ir e não querer mais voltar!!!

Ana Lúcia do Carmo.


Escolha um medo por dia e mostre quem é que manda!!

Qualquer pessoa que te motive a ser melhor, é alguém que vale a pena manter por perto. 

 
A vida informa :

"A falta de coragem causa perda de momentos incríveis".

Leandro Rodrigues.

Cuidado! Sentimentos mal resolvidos viram doenças! - Por Dr Victor Sorrentino

Você fala dos seus sentimentos? Eu sei que pode ser uma questão de difícil compreensão, mas, entendam, as doenças físicas, os males do corpo, tem sempre uma ligação com as dores emocionais.
Vou explicar: as emoções e os sentimentos que não expressamos, acabam virando frustrações no nosso emocional, e, consciente e inconscientemente, ficam lá, nos machucando, lembrando, ficam escondidos lá bem dentro da nossa intimidade.
Caso não seja dada uma vazão para estas emoções, elas se manifestam na forma de doenças consideradas normais (não são normais, ok, não é normal sofrer). Estas doenças consideradas corriqueiras tipo dores na coluna, dores lombares, úlcera, gastrite, até cólicas, refluxo, dores no estômago, enxaquecas, podem sim ter um fundo emocional. Muitos distúrbios alimentares, anorexia, bulimia, também possuem nas suas causas alguma dor, decepção, mágoa, perda.
Mas isso é só o começo, a ponta do iceberg. Com o tempo, caso essas dores não sejam tratadas, a repressão desses sentimentos evolui internamente e pode chegar a virar um câncer. Sim, pessoal, tristeza, desgosto, mágoa, dá câncer sim.
O que eu aconselho? Converse, conte, compartilhe, confidencie, abra seu coração, deixe sair pela boca tudo o que o coração sente, não guarde nada. Tenha sempre amigos ou a família como confidentes, colecione bons confidentes que possam lhe ouvir, e não dispense ajuda profissional, sim sessões com psicólogos, pois as vezes existem dores que nós mesmos não nos damos conta, mas precisam ser tratadas, precisam ser descobertas, e então curadas.
Mais do que nunca, falar e resolver as dores, ser sincero, é uma questão de saúde, e também de se amar, de cuidar de si. A confissão, o diálogo, é sempre uma boa terapia para resolver as situações mal sucedidas que ficam amargurando os corações.
Tá na hora de ser um pouco egoísta e decidir não guardar aquela dor, não guardar rancor, pra viver mais! Tem uma situação com alguém que magoa? Resolve, e nem precisa ser pela outra pessoa, resolva por você, porque não quer ficar doente.
O melhor remédio é sempre ser feliz, levar as coisas na boa, e não aumentar as situações.

5 plantas que podem ajudar a dormir melhor - Por Dr Victor Sorrentino

Pesquisa americana aponta que mais de 40 milhões sofrem com a insônia. O que eles fazem? Pedem auxílio à natureza, e ela agradece, oferecendo plantas que podem ajudar a garantir o sono reparador, tão crucial para o sucesso dos nossos dias.
Confira as plantas capazes de auxiliar uma boa noite de sono:

1. Hera inglesa: sabia que a hera pode reduzir 95% da quantidade de mofo presente no ar? Sim, portanto a respiração também pode ficar muito mais fácil se houver um vaso com hera no quarto. É uma das melhores plantas para garantir a qualidade do ar, e a que cresce mais fácil, ela não precisa de nenhuma condição especial para crescer. A hera praticamente filtra o ar, absorvendo as toxinas e liberando ar puro. 

2. Babosa: outra planta com um incrível poder calmante, além de cicatrizante e refrescante. Pesquisas mostram que a babosa libera muito oxigênio durante a noite, e também é aconselhável manter uma planta de babosa dentro do quarto, pois este oxigênio diferente no ar pode ajudar a combater a insônia, ajudando o corpo a manter a paz.

3. Espada de São Jorge: segue a mesma lógica da babosa, também libera mais oxigênio durante a noite, tornando então a respiração e o relaxamento mais fáceis dentro do quarto. Posicionar um pequeno vaso ou muda dessa planta no quarto pode ajudar a melhorar a qualidade do sono.

4. Jasmim branco: o aroma poderoso e delicioso do jasmim, além de ser muito agradável, também possui propriedades terapêuticas, é extremamente benéfico para a saúde. A sabedoria milenar mostra que o jasmim vêm sendo usado por séculos para reduzir a ansiedade e também ajudar a dormir bem. O jasmim branco não cresce em ambientes fechados portanto, a solução é utilizar óleos essenciais, ou mesmo cultivar em ambiente fechado, mas posicionar a planta no quarto no período da noite.

5. Lavanda: Super conhecida pelo seu poder relaxante, por séculos é usada para reduzir a ansiedade e o stress. Além disso contribui para acalmar os batimentos cardíacos, acalmando assim e preparando o corpo deixar o sono tomar conta do organismo. Na Europa, é bem aconselhável ter uma planta de lavanda no quarto onde se dorme, pois acredita-se que pode inclusive ajudar a manter a calma do seu corpo e espírito durante toda a noite. No nosso caso, no Brasil, podemos usar os óleos essenciais de lavanda. Os óleos essenciais de lavanda são amplamente utilizados para auxiliar a preparação do corpo para dormir, podendo ser aplicados em diversas áreas do corpo, incluindo chakras, pulsos, palmas das mãos, plantas e solas dos pés.
A natureza guarda remédios poderosos, a força da natureza é incrível, antes de passar para alternativas mais fortes, tente usar os benefícios destas plantas, elas podem realmente ajudar!
A imagem pode conter: planta e natureza

Vídeo : "Quando o noivo é cantor" - Aleluia!!


Música : "Feliz" - Gonzaguinha - 1983

Para quem bem viveu o amor
duas vidas que abrem
não acabam com a luz
São pequenas estrelas que correm no céu
trajetórias opostas
sem jamais deixar de se olhar.

É um carinho guardado
num cofre de um coração que voou
É um afeto deixado nas veias
de um coração que ficou.

É a certeza da eterna presença
da vida que foi, na vida que vai
é saudade da boa, feliz cantar

Que foi, foi, foi,
foi bom e pra sempre será
Mais, mais, mais
Maravilhosamente, amar



Música : "Grito de alerta" - Gonzaguinha

Primeiro você me azucrina
Me entorta a cabeça
Me bota na boca
Um gosto amargo de fel...

Depois
Vem chorando desculpas
Assim meio pedindo
Querendo ganhar
Um bocado de mel...

Não vê que então eu me rasgo
Engasgo, engulo
Reflito e estendo a mão
E assim nossa vida
É um rio secando
As pedras cortando
E eu vou perguntando:
Até quando?...

São tantas coisinhas miúdas
Roendo, comendo
Arrasando aos poucos
Com o nosso ideal
São frases perdidas num mundo
De gritos e gestos
Num jogo de culpa
Que faz tanto mal...

Não quero a razão
Pois eu sei
O quanto estou errado
E o quanto já fiz destruir
Só sinto no ar o momento
Em que o copo está cheio
E que já não dá mais
Pra engolir...

Veja bem!
Nosso caso
É uma porta entreaberta
E eu busquei
A palavra mais certa
Vê se entende
O meu grito de alerta

Veja bem!
É o amor agitando o meu coração
Há um lado carente
Dizendo que sim
E essa vida dá gente
Gritando que não

Veja bem!
Nosso caso
É uma porta entreaberta
E eu busquei
A palavra mais certa
Vê se entende
O meu grito de alerta

Veja bem!
É o amor agitando o meu coração
Há um lado carente
Dizendo que sim
E essa vida dá gente
Gritando que não
 

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

O Natal está chegando; vejo pessoas apressadas correndo de um lado ao outro. Sacolas, caixas, filas, trânsito, uma loucura que se instala dentro e fora do ser humano. 
Muitas vezes, é preciso abaixar-se para deixar que esta avalanche passe.
"Tenho que comprar presente para o Natal; tenho que comprar uma roupa nova, um sapato novo, uma bolsa. Tenho que preparar aquele prato de comida".
Tenho, tenho, ter, ter, ter.... (isto não combina comigo).
Estamos vivendo a "essência" que a data pede? Basta "simplesmente ser", limpar a nossa casa interior para que o mestre Jesus possa renascer em um lugar mais puro, mais tranquilo.
É um bom momento para refletir nos sentidos que damos à nossa vida!!

Ana Lúcia do Carmo.




quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Música : "Me espera" - Sandy e Tiago Iorc



ME ESPERA
(Lucas Lima/Sandy/Tiago Iorc)

Eu ainda estou aqui
Perdido em mil versões irreais de mim
Estou aqui por trás de todo o caos
Em que a vida se fez
 

Tenta me reconhecer no temporal
Me espera
Tenta não se acostumar
Eu volto já
Me espera

Eu que tanto me perdi
Em sãs desilusões
Ideais de mim
Não me esqueci
De quem eu sou
E o quanto devo a você

Tenta me reconhecer no temporal
Me espera
Tenta não se acostumar
Eu volto já
Me espera

Mesmo quando me descuido
Me desloco
Me deslumbro
Perco o foco
Perco o chão
E perco o ar
Me reconheço em teu olhar
Que é o fio pra me guiar
De volta
De volta

Tenta me reconhecer no temporal
Me espera
No temporal
Me espera
Tenta não se acostumar
Eu volto já
Me espera

Eu ainda estou aqui
Acredite em si. Engate a mente na sua boa estrela e reconheça que a sua luz interior o conduzirá sempre para cima e para frente.

A.D.

Vídeo : Mr Ben - A orquestra

Bom Dia!! Boas Energias!!


O perigo do microondas - Por Dr Victor Sorrentino

Eu sei que é um assunto muito chato, principalmente porque muita gente considera um eletrodoméstico útil, mas, preciso tocar nesse assunto. O que vou falar hoje é sobre os perigos do forno de microondas.
Este eletrodoméstico funciona através de uma forma de energia eletromagnética: as micro-ondas. Estas são ondas muito curtas da energia eletromagnética, parecidas com as ondas de luz ou rádio, e também usadas para transmitir informações a longas distâncias, como telefone, televisão, informações computadorizadas.

Dentro de cada forno, existe uma estrutura chamada magnetron, uma espécie de tubo onde elétrons são estimulados pelo campo, com a finalidade de produzir radiação num micro comprimento de onda de aproximadamente 2,45 Giga Hertz. 

Quando esta radiação é emitida na presença de alimentos, as ondas penetram causando uma agitação nas moléculas de água, presentes nestes alimentos, modificando seu estado.

Apesar dos esforços dos fabricantes em defender que os níveis de radiação eletromagnética que podem vazar são considerados seguros, não é exatamente isso que as pesquisas apontam. As pesquisas apontam que ficar exposto essas ondas pode ser muito prejudicial ao organismo, e principalmente para o cérebro. 

Preste atenção redobrada caso precise continuar utilizando esse eletrodoméstico. O recomendável é que não use, pois principalmente se o artefato for um pouco velho ou danificado, sempre existe muito risco de vazamento de radiação. Nesse caso vale a pena investigar junto a uma assistência técnica.

O forno micro-ondas velho, ou com a dobradiça, trinco ou vedação danificados é considerado um verdadeiro perigo. O motivo é que as ondas começam a vazar através destes defeitos, se espalhando pela cozinha e podendo afetar a todos os presentes. O que acontece? Danos no cérebro, já que essas ondas praticamente cozinham o cérebro.
Eu sei, é triste, e fique ligado que com o celular é bem parecido. A incidência de câncer infantil, em crianças, dobrou nos EUA justamente depois que os pais começaram a permitir aos filhos utilizarem ou possuírem telefones celulares. Com o crânio e os órgãos em fase de crescimento, as ondas prejudiciais acabam penetrando muito mais. E o assunto é tão sério que o celular apresenta quase o mesmo risco de causar câncer do que o cigarro. 

Na minha opinião, baseada em pesquisa sobre o tema, acredito que os três perigos do uso do forno de micro-ondas sejam, primeiro, os riscos de exposição à radiação, logo depois, o risco de câncer causado pela radiação nos alimentos que serão ingeridos, e em terceiro lugar, um grande risco das ondas destruírem algumas propriedades nutritivas dos alimentos.

Se ainda assim não pode abrir mão deste artefato, sugiro que esteja sempre de olho nas condições do seu forno de micro-ondas, confira sempre locais como dobradiças, trincos, vedações, e principalmente se importe com o vazamento de radiação.

Espero ter ajudado!!
A imagem pode conter: área interna

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

A Importância da Testosterona

importancia da testosterona 

O início da queda hormonal masculina já acontece em média aos 30 anos de idade. Nesta idade já é clinicamente evidente a mudança nos níveis de testosterona.

A testosterona, apesar de estar relacionada somente à parte sexual, na realidade exerce mais de 200 funções anabólicas e de reparo, sendo que apenas uma dessas funções diz respeito ao apetite ou desempenho sexual.
Isso quer dizer que mesmo que não haja sintomas perceptíveis em termos sexuais, é absolutamente fundamental que sejam medidos os níveis hormonais masculinos o quanto antes, para se monitorar declínios que ocorrerão e otimizar seu equilíbrio que é essencial ao homem.
Lamentavelmente quando o homem sente que está realmente com alteração e diminuição do desempenho sexual, ele já está na evolução relativamente avançada de sua deficiência hormonal. Aquilo que ele pensa que é o início de seu problema, na realidade é um dos últimos acontecimentos de toda evolução da diminuição de testosterona.
Com a queda da produção de testosterona, outras alterações metabólicas começam a ser perceptíveis:
  • Aumento da gordura corporal
  • Diminuição do bem estar
  • Queda no desempenho sexual
  • Maior risco de reação inflamatória corporal
  • Maior risco de doença vascular cardíaca
  • O declínio cognitivo limita a capacidade de raciocínio lógico, memória, entre outros
  • Aumento da predisposição à obesidade visceral (gordura intra-abdominal que é muito perigosa para risco de infarto)
  • Diminuição da massa muscular)
  • Suscetibilidade à depressão
  • Aumento da perda óssea
  • Disfunção Erétil
Na hora em que os sintomas começam a incomodar de verdade, falta uma associação à testosterona. A ideia que predomina é que “são coisas naturais do envelhecimento” e então se perdem oportunidades de ter estes sintomas resolvidos através da modulação com hormônios base e existe o risco de passar o resto da vida procurando drogas que possam apenas suprimir os sintomas, sem resolver a causa.
Por força dos maus hábitos alimentares e das características da vida moderna, as quedas hormonais atualmente estão iniciando cada vez mais cedo e junto com isto, as doenças também. Recebo diariamente homens jovens e já com níveis de testosterona drasticamente diminuídos, com reflexos visíveis.

A modulação utilizando hormônio base ajuda a melhorar os sintomas de aumento de peso, ansiedade, fraqueza muscular, depressão e a tão temida e cada vez mais comum diminuição da libido.

O tema é realmente uma “novidade”, tão somente pela falta de conhecimento dos médicos sobre o assunto e consequentemente da população, na medida em que a informação não chega à mesma de fato. Uma pena, pois milhões de homens poderiam estar se beneficiando e ganhando saúde, qualidade e tempo de vida.
Mas a falta de informação não é exclusividade dos brasileiros, já que a cada 1 milhão de homens americanos com níveis baixos de testosterona, somente 100 mil estão em tratamento e somente 7% sabe que existe um tratamento para esta diminuição através da modulação hormonal que realmente consegue atenuar os efeitos da baixa hormonal.
A mulher tem um biomarcador para sua queda hormonal, que é a cessação da menstruação. No caso masculino, não há biomarcador, e isso leva muitos homens a achar que a única e exclusiva possibilidade seja tratar de seus sintomas, sem identificar e tratar a causa real.
Outra dificuldade está na velocidade, enquanto as mulheres têm uma queda abrupta de seus níveis hormonais sexuais, os homens têm seu declínio iniciado em 10 a 15 anos antes da percepção laboratorial diagnosticada tradicionalmente. Estes homens infelizmente são levados a ter que aceitar que são coisas normais da idade, que envelheceram e portanto devem aceitar que estão condenados a viver diversas alterações.
Sobre o câncer de próstata, que sempre foi relacionado à testosterona, mesmo que paradoxalmente se apresente quase sempre na terceira idade, quando o homem já teve uma diminuição absoluta de seus níveis corporais, hoje tem já comprovação científica de que está associado à níveis baixos de testosterona e altos de estrogênios nos homens.
É mais do que óbvio realmente, pois qual o motivo pelo qual o jovem que tem seus níveis altíssimos de testosterona não sofrerem de alterações prostáticas, ao passo que o idoso já com níveis extremamente baixos é que sejam normalmente afetados?
Pra explicar, início pelos 2 estudos em que Dr. Morgentaler, professor da Universidade de Harvard chamou a atenção da comunidade médica científica para as falhas dos estudos antigos sobre o assunto, demonstrando que a conclusão de que testosterona gera o câncer de próstata havia sido baseada em um total de 1 (um) paciente.
É isto mesmo, você leu corretamente, o estudo do Dr. Charles Brenton Huggins que criou todo este paradigma de que testosterona causa câncer de próstata no passado foi baseado em experiências com animais (cães) e posteriormente com 1 só paciente já com câncer de próstata metastático e sem evidência clínica nenhuma para os padrões exigidos na atualidade!
De acordo com Marks, não existe, até o momento, dados que demonstrem que a terapia de reposição de testosterona ou níveis séricos endógenos de testosterona mais elevados tenham influência na etiologia do câncer de próstata.
Roddam acompanhou 3 mil homens com câncer de próstata e mais de 6 mil sem e não encontrou nenhuma relação entre o câncer de próstata e os hormônios estudados que incluíam testosterona total, testosterona livre e outros andrógenos.
Um estudo publicado pelo grupo da Cleveland Clinic mostrou que tumores de próstata de alto grau (escore de gleason 4 e 5) eram 2,4 vezes mais frequentemente observados em homens com níveis mais baixos de testosterona.
Resumindo outras dezenas de estudos que poderia estar aqui citando a vocês nas palavras do Dr. Morgentaler, importante professor da Universidade de Harvard:
1) Baixo nível de testosterona não protege contra câncer de próstata, na verdade pode aumentar!
2) Alto nível de testosterona não aumenta risco de câncer de próstata!
3) Tratamento com testosterona não aumenta o risco do câncer de próstata, mesmo entre homens que já têm alto risco para isso (PIN- Prostate Intraepithelial Neoplasia)
4) Pacientes que têm câncer de próstata metastático e em que foram administrados terapia para baixar nível de testosterona (agonistas LHRH e/ou estrogênio) iniciando tratamento com testosterona pode aumentar o risco.

Atualmente, não é mais aceitável a alegação médica de que hormônios dão câncer. Com todas as evidências científicas mostrando a importância da testosterona, esta ideia tornou-se obsoleta, mas não se espante caso encontrar algum médico que ainda defende as ideias antigas, alguns continuam desconhecendo cegamente a necessidade de atualização dos conceitos.
Médicos têm a obrigação de se manter atualizados sobre o assunto que opinam, pois a opinião de um único médico pode prejudicar famílias inteiras! Muita coisa ainda está para vir, na mídia e nas pesquisas, e sempre vai ter alguém pra dizer que existem riscos de câncer, portanto é escolha pessoal, escolha seu médico de acordo com a sua crença, mas o importante é investigar e tentar aproximar as sensações para o mais normal que possam ficar. Procure o médico e faça o tratamento, pois a reposição de testosterona melhora o organismo como um todo.
Dr. Victor Sorrentino
Referências bibliográficas:
Morgentaler, A; Bruning, Co III; Dewolf, WC. 1996. Incidence of occult prostate câncer among men with low total or free sérum testosterone. Journal of the American Medical Association 276; 1904-6
Rhoden, EL; Morgentaler, A. 2004. RIsks of testosterone-replacement therapy and recommendations for monitoring. New England Journal of Medicine 350:482-92
Marks,LS; Mazer, NA; et al. 2006. Effect of testosterone replacement therapy on prostate tissue in men with late-onset hypogonadism; A randomized controlled trial. Journal of the American Association 296:2351-61
Lane, BR et Al. Low testosterone and risk of biochemical recurrence and poorly differentiated prostate câncer at radical prostatectomy. Urology 2008;72:1240-5
Shores, MM. Et al.2006. Low sérum testosterone and mortality in male veterans. Archives of internal medicine 166:1660-65. & Shores, MM. Et al. 2004. Low testosterone is associated with decreased function and increased mortality risk: A preliminary study of men geriatric rehabilitation unit. Journal of the American Geriatric Society 52:2077-81
Roddam, AW et al. 2008. Endogenous sex hormones and prostate câncer: A collaborative analysis of 18 prospective studies. Journal of National Cancer Institute 100:170-83


fonte: drvictorsorrentino.com.br
 

Mal de Parkinson x Intestino - Por Dr Victor Sorrentino

Me pergunto: quanto tempo será que ainda levará lara que profissionais de saúde compreendam que o corpo é um todo, e que apesar das sub-especializações médicas, não podemos compartimentar e setorizar as áreas do corpo como se o q acontece no cérebro não deva ser tratado também através do intestino por exemplo?

👉🏼A desconfiança de que os médicos estavam olhando para o lugar errado começou quando uma pesquisa mostrou que 10 anos antes de apresentar sintomas, grande parte dos pacientes com Parkinson tinha um problema bem diferente: prisão de ventre.
O resultado passou por coincidência e a maioria dos experimentos continuou buscando no cérebro a razão da morte de neurônios que afetava tanto a mobilidade dos pacientes.

⛔️Um novo estudo feito no Instituto Tecnológico da Califórnia (CalTech) mostrou que as diferentes bactérias que vivem no intestino humano podem ter relação direta com o desenvolvimento do Parkinson.
Os pesquisadores começaram estudando as fibras tóxicas de uma proteína chamada alfa-sinucleína, que se acumulam nos neurônios e causam sintomas de Parkinson em questão de semanas.

▶️O experimento usou uma série de ratos com DNA idêntico, geneticamente modificados para ter uma tendência maior a produzir essas fibras – não só no cérebro, mas também no intestino.

▶️Os ratos foram divididos em dois grupos, um deles criado em jaulas normais e outro em ambientes esterilizados, sem germes. Os dois grupos se desenvolveram, com a mesma tendência genética, mas o quadro de sintomas motores do primeiro grupo piorou muito mais rápido. Já os ratos do ambiente esterilizado tremiam menos e tinham menos fibras tóxicas no cérebro.

⛔️Na segunda etapa do estudo, os cientistas separaram os ratos das jaulas especiais e injetaram a microbiota de seres humanos com Parkinson. Em algumas semanas, os problemas motores dos roedores foram ficando piores.
Em outros ratos do ambiente estéril, a microbiota injetada foi de humanos saudáveis – e a doença não avançou.

⛔️Os cientistas ainda não são capazes de afirmar que é exatamente isso que acontece com o corpo humano, mas eles estão confiantes que as bactérias do intestino regulam de alguma forma a ação do mal de Parkinson.

⛔️Uma das teorias é que certos tipos de microbiota levam o cérebro a exagerar na produção de alfa-sinucleína. O próximo passo dos pesquisadores vai ser comparar as bactérias intestinais de uma série de pacientes com Parkinson, para tentar encontrar quais patógenos eles têm em comum, que podem estar relacionados à progressão da doença. 

⛔️Se der certo, a pesquisa tende a abrir caminho para novas formas de tratamento e prevenção do Mal de Parkinson – até 10 anos antes dos sintomas aparecerem.
A imagem pode conter: texto

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

"DESCONFUSIONANDO" 

Um fazendeiro perdeu seu relógio no celeiro, e não conseguia mais encontrar. Após cansativa procura em vão, ele resolveu recorrer a um grupo de crianças. Prometeu um bela recompensa a quem achasse seu relógio, objeto de grande valor sentimental.
As crianças entraram no celeiro e procuraram, procuraram... e nada! O fazendeiro estava prestes a desistir, quando um menino lhe pediu uma chance para tentar novamente. Mas sozinho!
O fazendeiro autorizou, e o menino entrou no celeiro. Depois de um tempo, saiu com o relógio na mão! 

Então o fazendeiro perguntou:
- Como conseguiu encontrar?
- Eu não fiz nada, apenas me sentei no chão e fiquei quieto. No silêncio, escutei o tic tac do relógio e apenas tive de olhar na direção certa...


Uma mente "em paz" pode pensar muito melhor do que uma mente confusa. Quando conflitos, problemas ou dificuldades se colocarem em sua vida, nunca reaja vibrando no mesmo nível do problema. Apenas aquiete sua mente, seu Ser... e verá a solução!

Gratidão é uma semente bonita que faz a vida da gente crescer e florescer.
Obrigada!!

Ana Lúcia do Carmo.

Qual é o sentido da vida??
Ou quantos sentidos você dará à sua vida??


Ana Lúcia do Carmo.
O amado não é escolhido, é reconhecido. 


segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Não tenha medo de errar; ninguém aprende nada sendo perfeito!! 

Bom dia!! Boas Energias!!


domingo, 4 de dezembro de 2016

Vídeo : "O poder dos nossos pensamentos" - As mensagens da água - Dr Massaru Emoto



O Dr. Masaru Emoto interessado no poder de cura da água, desenvolveu uma técnica que permite fotografar os cristais da água. Nesse estudo descobriu que a água reage a tudo, e que no curso da água, os seus cristais também mudam.

"Se os pensamentos podem fazer isto com a água, imagine o que podem fazer conosco já que mais de 60% do nosso corpo é composto de água. 
Pense nisto"
Deus é lindo; e sorri!


integracaoholistica.blogspot.com
"Amai-vos uns aos outros", mesmo que os outros tenham patas, focinhos, rabos, escamas e penas, flores e frutos”.

Amara Antara.

integracaoholistica.blogspot.com
Resta quanto tempo? Eu não sei. 
Eu só posso dizer 'Carpe diem' - colha o dia! 
É isto que temos: morangos à beira do abismo.

 Rubem Alves, meu poeta preferido!
É que eu gosto do riso de tudo. 
De flores. 
De gente. 
De bichos. 
Dos dias de céu azul lisinho. 
Das noites carregadas de cachos de estrelas. 
Da canção que as ondas cantam quando tocam a areia. 
Às vezes, eu vejo até o riso contido do que não tem coragem de rir."

  (Ana Jácomo)

sábado, 3 de dezembro de 2016

Nós somos os governantes deste país!! 

 














Imagem retirada do site;  A Grande Fraternidade Branca

Ana Lúcia do Carmo.


Quer ouvir Deus? Entregue-se à beleza da música, sem pensar em Deus.
Quer sentir o cheiro de Deus?
Respire fundo o cheiro do jasmim, sem pensar em Deus.


Rubem Alves, meu poeta preferido.
"Sobre ela:
Não cante-a,
encante-a."



Rafael Tavares