domingo, 28 de janeiro de 2018

Do livro; "Cartas à um jovem poeta"

A história de um rapaz que queria ser um poeta e escreve para um mestre a respeito da sua doença. E o mestre responde:

"Se algum de seus procedimentos for doentio, considere que a doença é um meio pelo qual o seu organismo se liberta de corpos estranhos; por isto, é apenas preciso ajudá-lo a estar doente e assumir a ter a sua doença por completo pois é este o seu curso natural.
É preciso ter paciência como um doente e ter confiança como um convalescente pois talvez, o senhor seja ambas as coisas, mas ainda, o senhor é o médico que tem que tratar a si mesmo.
Mas em toda doença, há muitos dias em que o médico não pode fazer nada além de esperar, e é isto mais do que qualquer coisa que o senhor deve fazer. Por ser seu próprio médico, o que precisa fazer agora; "não se observe demais, apenas espere!".